Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Diretrizes para Autores

Foco e escopo

Acervo é a revista do Arquivo Nacional, com publicação contínua, editada desde 1986. Tem por objetivo publicar artigos que dialoguem com as áreas da arquivologia e da história, fomentar o debate e a divulgação da produção científica nesses campos. A revista lança edições quadrimestrais, cada uma trazendo um novo dossiê temático.

O periódico se dirige a todos aqueles interessados nos temas relacionados a arquivologia, história e áreas correlatas.

A revista é composta pelas seções: 

Dossiê temático ‒ cada número da revista apresenta um conjunto de artigos sobre o tema selecionado. Até 30 páginas (cerca de 90 mil caracteres com espaços). As submissões passam por avaliação cega por pares;

Artigos livres ‒ textos resultantes de estudos e pesquisas, concernentes a temas de interesse da revista, adequados ao foco e ao escopo da publicação. Até 30 páginas (cerca de 90 mil caracteres com espaços). As submissões passam por avaliação cega por pares;

Resenha ‒ texto crítico sobre obra – livro ou filme – lançada até dois anos antes da chamada para o número da revista. Até oito páginas (cerca de 20 mil caracteres com espaços). As submissões passam por avaliação cega por pares;

Documento ‒ artigos que abordem um conjunto documental ou documento do acervo do Arquivo Nacional, podendo conter documentos transcritos parcial ou integralmente, ou reproduzidos em imagens, relevantes para a pesquisa nas áreas do escopo da revista. Os autores são convidados pelos editores de cada dossiê. Até 30 páginas (cerca de 90 mil caracteres com espaços). Não avaliada por pares;

Entrevista ‒ um especialista é entrevistado pelos editores de dossiê ou por pesquisadores convidados. A seção debate a temática abordada pelo dossiê. Não avaliada por pares.

 

Normas para apresentação dos originais

A revista Acervo publica somente trabalhos inéditos em português, espanhol e inglês, submetidos por meio do sistema Open Journal Systems (OJS). Artigos publicados em plataformas de preprints serão considerados inéditos desde que não tenham sido submetidos simultaneamente à revisão por pares em outro periódico. Os textos devem ser assinados por autores com doutorado ou ter doutores como coautores, com exceção da seção Documento, que pode ser assinada por autores(as) com o mestrado concluído.

Todo artigo enviado à revista Acervo deve ser acompanhado de até quatro palavras-chave e de um resumo com, no máximo, 60 palavras (400 caracteres com espaços). Título, resumo e palavras-chave devem ser encaminhados em português, inglês e em espanhol no mesmo documento do texto e devem ser considerados na contagem de páginas/caracteres.

Os textos deverão ser submetidos em .doc, .docx ou .rtf, fonte Times New Roman, corpo 12, espaço 1,5, formato de página A4. As margens devem seguir o padrão de 3 cm para superior e esquerda e 2 cm para inferior e direita.

Imagens – Cada artigo pode conter até cinco imagens, com as respectivas legendas e referências, e a indicação de sua localização no texto. As imagens devem ter resolução mínima de 300 dpi no formato .tif e ser submetidas como documento suplementar, no passo 2 da submissão pelo OJS.

Tabelas, quadros e gráficos – Tabelas e quadros podem ser compostos em Word e inseridos no próprio arquivo do artigo; os gráficos, preferencialmente em Excel.

Notas e remissões bibliográficas – As notas explicativas devem constar no rodapé das páginas, em algarismos arábicos, e ter no máximo cinco linhas. As remissões bibliográficas não devem ser feitas em notas e sim no corpo do texto. O(A) autor(a) deve ser citado(a) entre parênteses pelo sobrenome separado por vírgula do ano de publicação: (Bessone, 1997). Se o nome estiver citado no texto, indica-se apenas a data entre parênteses: Bessone (1997). Quando houver necessidade de indicar a página, esta deverá vir separada por vírgula e precedida de “p.”: (Bessone, 1997, p. 25). Quando o(a) autor(a) possui mais de uma obra no mesmo ano, discrimina-se por letra minúscula após a data, sem espacejamento: (Bessone, 1997a) ou (Bessone, 1997b). Para obras com dois autores, ambos serão indicados, usando “;”: (Bessone; Cabral, 1998). Se possuir mais de dois autores, inclui-se somente o primeiro seguido de “et al.”: (Bessone et al., 1999).

Referências bibliográficas – Devem constituir lista única ao final do artigo, em ordem alfabética, seguindo as normas estipuladas pela ABNT na NBR 6023: 2018. Links para as referências devem ser informados quando possível.

As fontes documentais devem constar em notas de rodapé, com as informações necessárias para a localização dos documentos (instituição custodiadora, fundo/coleção, notação etc.).

A revista Acervo poderá adequar os originais às suas normas editoriais e projeto gráfico.

 

Código de conduta editorial

Os editores da revista Acervo adotam medidas ​​para identificar e impedir a publicação de artigos em que foram verificados plágios ou condutas antiéticas. Caso essas práticas sejam constatadas, os artigos não são avaliados e os autores são comunicados. A qualquer tempo, se identificados textos publicados com condutas antiéticas, a revista poderá retirar o artigo ou corrigi-lo, além de publicar esclarecimentos e retratações quando necessário. A revista Acervo adota os princípios do código de ética do Committee on Publication Ethics (COPE) e das diretrizes para a integridade na atividade científica do CNPq.

Práticas para autores:

- Os autores são responsáveis pela condução ética da pesquisa e da redação do artigo. Os dados, opiniões e conclusões apresentados são de sua inteira responsabilidade. 

- No momento da submissão, a definição de autoria deve ser clara. Após o início do processo editorial, mudanças na autoria serão avaliadas e poderão ser negadas. Todos os autores devem ter contribuído significativamente para a pesquisa e a redação do artigo. Se não for o caso, as contribuições podem ser citadas nos agradecimentos.

- Os artigos podem ser assinados por no máximo quatro autores.

- Os autores devem garantir que o artigo é inédito e não se encontra em avaliação por outro periódico. O texto, ou parte significativa dele, não deve ter sido publicado em revista, livro, anais de eventos ou páginas na internet. Artigos publicados em plataformas de preprints serão considerados inéditos desde que não tenham sido submetidos simultaneamente à revisão por pares em outro periódico.

- Submissões previamente disponibilizadas em servidores de preprint deverão informar sua localização virtual (link, DOI etc.) no campo “Comentários para o editor”. Preprints poderão ser avaliados para publicação em todas as seções da revista. Na avaliação por pares, os pareceristas tomam conhecimento da identidade do(a) autor(a). Os servidores de preprints aceitos pelo periódico são SocArxiv, SciElo Preprints e Zenodo. Se aceitos, os preprints devem indicar o link da versão publicada na revista em seu servidor ou plataforma.

- Plágio e autoplágio não serão aceitos. Todos os artigos serão submetidos ao sistema de verificação de similaridade antes da avaliação por pares.

- Todo conteúdo previamente disponível em tese ou dissertação não é considerado publicação prévia. Contudo, os autores precisam declarar em nota que o artigo é resultado de um trabalho acadêmico, indicando o link para a pesquisa que deu origem ao artigo. Textos derivados de dissertações e teses devem ter o formato de um artigo científico e a conclusão deve ser inédita.

- Após a submissão, as editoras da revista podem solicitar explicações acerca da participação dos autores que subscrevem o texto, assim como sobre eventuais dúvidas surgidas na avaliação de similaridade do manuscrito.

- As submissões devem ser anonimizadas para passarem pela avaliação cega por pares. O texto do artigo deve ser enviado sem qualquer tipo de referência ou informações que possibilitem a identificação dos autores. Contudo, para os casos de autocitação, que devem ser evitados, o nome dos autores deve ser omitido. Nesses casos, a forma de citação utilizada deve ser: (Autor(a), ano). Os dados sobre autoria devem ser indicados nos metadados, no passo 3 da submissão pelo OJS. Da mesma forma, as informações sobre autoria que constem nas propriedades dos arquivos devem ser apagadas.

- Caso o artigo reproduza documentos, imagens e/ou material legalmente protegido, cabe ao(à) autor(a) obter as autorizações e direitos de reprodução. É igualmente do(a) autor(a) a responsabilidade pelos danos decorrentes da ausência dessa medida. Se o(a) autor(a) submete uma tradução de artigo de outro pesquisador, é sua responsabilidade obter as autorizações necessárias para a publicação do artigo traduzido para o português.

- Todos os autores devem enviar seus números de registro no Open Researcher and Contributor ID (ORCID) no ato da submissão.

- As fontes de financiamento da pesquisa que deu origem ao artigo e eventuais conflitos de interesse devem ser mencionados.

- A revista recomenda que os dados de pesquisa estejam publicizados em um repositório de dados de pesquisa. Quando publicado, o artigo indicará o link para acesso.

- Cada autor(a) pode submeter apenas um artigo por edição. Para fomentar a diversidade de autores e ideias, após terem seus artigos publicados na revista, os autores terão novas submissões avaliadas somente a partir do segundo dossiê subsequente. Isso também se aplica a artigos elaborados em coautoria.

- Caso discordem da decisão editorial, os autores podem solicitar mais informações e recorrer. Nesses casos, a editoria científica se manifestará, tomando a decisão final e consultando o conselho editorial quando achar necessário.

- Os autores devem notificar a revista a qualquer momento do fluxo editorial ou após a publicação se identificarem erros significativos na pesquisa ou no artigo. Devem cooperar com as editorias científica e executiva na publicação de erratas, adendos, correções, ou mesmo a retratação do artigo, se considerada necessária.

- É permitido o autoarquivamento dos artigos em repositórios institucionais, temáticos ou páginas pessoais a partir de sua publicação na revista, em sua versão final, com a indicação do link da primeira publicação.

Avaliação cega por pares

Antes do envio para os avaliadores, a submissão passa por uma verificação de conformidade, em que é analisado se o artigo segue as normas do periódico, se está no escopo proposto pela revista/dossiê, bem como é feita a verificação de similaridade. A submissão pode ser rejeitada nesta etapa, caso em que os autores receberão comunicação com a justificativa.

Os avaliadores ad hoc são selecionados entre pesquisadores doutores que tenham a temática abordada no artigo como sua área de interesse. A diversidade institucional e regional será levada em conta na escolha dos nomes. As indicações são feitas pela editoria científica e pelos editores de dossiê.

Os pareceristas recebem os textos sem qualquer identificação de autoria. Nos casos de preprints, em que a autoria é indicada, a avaliação será feita no processo simples-cego, em que apenas a identidade dos avaliadores é preservada.

Os autores recebem os pareceres transcritos, sem a identificação de autoria dos avaliadores, e com a decisão editorial sobre a publicação ou não de seu artigo. As decisões editoriais são tomadas pelas editorias científica e de dossiê, com base nos pareceres dos avaliadores.

Os avaliadores devem enviar os pareceres pelo sistema da revista, onde está disponível o formulário para avaliação. As recomendações podem ser “aceitar”, “correções obrigatórias”, “submeter novamente para avaliação” ou “rejeitar”.

Aceitar: os autores são comunicados da decisão, recebem os pareceres e a submissão segue o processo editorial.

Correções obrigatórias: a aprovação do texto está condicionada ao envio de segunda versão que atenda às recomendações dos pareceres. O(A) autor(a) tem prazo de 15 dias para apresentar nova versão com as alterações realizadas.

Submeter novamente para avaliação: a segunda versão do texto, após as alterações recomendadas, passará por nova rodada de avaliação por pares, podendo ser aceita ou rejeitada após o processo. O(A) autor(a) tem prazo de 21 dias para apresentar a nova versão com as alterações realizadas.

O tempo estimado entre a submissão de um artigo e a primeira resposta da avaliação por pares é de cerca de cinco meses, com base na duração dos processos editoriais das últimas edições da revista.

Em 2021, a revista Acervo teve uma de taxa de rejeição de artigos de 50%.

Práticas para avaliadores(as):

- É responsabilidade dos avaliadores comunicar eventuais conflitos de interesse na avaliação dos artigos.

- Os avaliadores devem zelar pela confidencialidade da submissão.

- A condução da avaliação deve se dar de forma ética, com críticas construtivas para a melhoria do artigo e respeito ao trabalho do pesquisador.

- Os prazos da revista devem ser respeitados.

- Os avaliadores devem alertar a revista caso verifiquem que o texto já tenha sido parcial ou totalmente publicado, ou percebam indícios de plágio, autoplágio ou outras condutas antiéticas.

- A revista Acervo publica os nomes dos avaliadores de cada edição, como uma forma de dar transparência ao processo e reconhecer o trabalho de avaliação. Serão emitidas declarações aos pareceristas, a partir de solicitação pelo e-mail da revista.

Práticas para editores(as) de dossiê:

A revista Acervo traz em cada edição um dossiê temático. Os editores(as) de dossiê podem ser proponentes de tema que tiveram suas propostas aprovadas ou pesquisadores convidados pela editoria científica da revista. Eles assumem responsabilidades no que se refere à preparação inicial e à avaliação dos artigos, devendo colaborar, também, na produção editorial, lançamento e divulgação da edição.

Os editores de dossiê devem:

- Zelar pelo cumprimento das diretrizes da revista, prezando pela ética e transparência durante todo o processo editorial.

- Contribuir na divulgação da chamada de artigos e, posteriormente, da edição.

- Verificar as submissões quanto à conformidade ao tema do dossiê e aos requisitos básicos de um artigo científico.

- Acompanhar o processo de avaliação dos artigos pelo sistema da revista, tomando as decisões editoriais.

- Zelar pelos prazos definidos, de maneira que a publicação contínua de artigos possa ser feita em intervalos regulares, sem longos períodos entre a publicação dos textos.

 

Questões éticas

As editorias científica e executiva da revista são responsáveis por deliberar ‒ com eventuais consultas aos editores de dossiê, conselho editorial, outros periódicos e instituições ‒ e responder a todas as reclamações e denúncias recebidas. A revista publicará, quando pertinente, correções pós-publicação.

Dúvidas e sugestões podem ser enviadas para revista.acervo@an.gov.br

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • O artigo se adequa ao escopo da revista.
  • A contribuição é inédita e não está sendo avaliada para publicação por outra revista. Caso esteja disponibilizada em um servidor de preprint, a localização virtual (link, DOI etc.) deverá ser informada no campo “Comentários para o editor”.
  • A submissão é assinada por ao menos um(a) autor(a) doutor(a).
  • Todos os autores contribuíram significativamente para a pesquisa.
  • A submissão atende às normas para apresentação dos originais e ao código de conduta editorial disponíveis em “Diretrizes para autores”.
  • O arquivo deve ser anonimizado para passar pela avaliação cega por pares. Os dados sobre autoria devem ser indicados nos metadados, no passo 3 da submissão pelo OJS.

Política de Privacidade

Os dados informados no sistema OJS serão usados exclusivamente por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.